quarta-feira, 10 de março de 2010

O Olhar de Amor

O Olhar de Amor
Thabiti Anyabwile


Thaibiti Anyabwile – é o pastor da Primeira Igreja Batista, nas Ilhas Grand Cayman. Ele possui bacharelado e mestrado em psicologia obtidos na North Carolina State University. Serviu como pastor assistente na Capitol Hill Baptist Church, em Washington D.C. Thabiti tem sido convidado como preletor em diversas conferências e seminários nos Estados Unidos e em outros países, é autor de artigos teológicos e livros, um deles, "O que é um membro de Igreja Saudável?", está no prelo pela Editora Fiel. Ele e sua esposa, Kristie, têm três filhos.

Todos os escritores dos quatro evangelhos falam sobre aquela noite em que Pedro negou o nosso Senhor com três declarações de rejeição crescentes. Eles nos contam o choro amargo de Pedro quando ele compreendeu que Jesus predissera corretamente a sua negação, antes que o galo cantasse. Todavia, Lucas inclui um pequeno detalhe, profundo.
Lucas 22.61 diz que, após a negação de Pedro pela terceira vez e o cantar do galo, "voltando-se o Senhor, fixou os olhos em Pedro, e Pedro se lembrou da palavra do Senhor, como lhe dissera: Hoje, três vezes me negarás, antes de cantar o galo".
Esse olhar deve ter arrasado Pedro de inúmeras maneiras! Quando o Senhor olha para nós em nosso pecado e rejeição, só podemos ficar abatidos de tristeza. E a verdade é: o Senhor nos vê todo o tempo, em nossas várias falhas, pecados, negações e rejeições.
O que foi esse olhar? O que Pedro viu nos olhos de Jesus? O olhar significou: "Eu lhe disse isso"? Não creio que o Senhor se regozijou com o fracasso de Pedro.
Jesus olhou para Pedro com olhos de ira e juízo? Não penso assim. Jesus não esmagará a cana quebrada nem apagará a lâmpada que fumega.
Aquele olhar não significou: "Como você pôde fazer isso?" Não acredito que o olhar de Jesus comunicou mágoa pessoal. Jesus não veio para sobrecarregar-nos com culpa; antes, para removê-la.
Penso que aquele olhar foi amor puro e santo... que não suportamos contemplar quando estamos em nosso pecado. Em nossa justiça própria, poderíamos entendê-lo – e até desejar – como ira, ou desapontamento, ou mágoa, ou mesmo "Eu lhe disse isso". Mas, quando o Senhor continua a olhar para nós com amor puro e imaculado... isso nos tira toda justiça própria e nos faz ver que amor santo rejeitamos... e que pessoas ímpias nós somos. Não podemos suportar Jesus olhando para nós com esse amor puro e santo, quando falhamos tão miseravelmente. Portanto, como Pedro, volvemos nosso rosto e choramos amargamente, quando falhamos para com nosso Senhor.
E esse é um erro terrível. Se, quando pecamos contra o Senhor, pudéssemos continuar olhando para sua face, veríamos que este amor santo nos aceita. Ele nos perdoa e nos purifica. Livra-nos da culpa e remove a vergonha. Cura os abatidos e ergue os indignos. Se pudéssemos apenas contemplar a face do Senhor, veríamos um olhar amável que diz: "Venha a mim".
É a face daquele que ama de tal modo que vence o nosso pecado... toma o nosso pecado como dele mesmo... suporta nossa culpa como se fosse sua... um amor que nos une a ele mesmo. Olhar para essa face, pela fé... implica sentir e conhecer o amor mais santo, mais sacrificial e mais redentor possível.
O maior problema de Pedro não foi que ele negou três vezes a Jesus. Ele foi restaurado disso. Nosso maior problema não é negar ou desapontar a Jesus.
O maior problema de Pedro foi que ele saiu e chorou sozinho... em vez de correr para a face amorosa de Jesus. Nosso maior problema é afastar nosso olhar de Jesus. Ele removeu nossos pecados. Temos de olhar para ele e continuar olhando para ele, até que nos regozijemos em sua aceitação amorosa.
Se somos crentes há qualquer tempo, já descobrimos que nossa vida é cheia de fracassos e pecado... até de vários tipos de negação. Mas também descobrimos que ele continua olhando... e chamando-nos a si mesmo. Crente... olhe para Jesus. Não vire o rosto.
Fixe seus olhos em Jesus,
Contemple toda a sua face admirável,
E as coisas da terra ficarão ofuscadas
À luz da glória e graça de Jesus.

Traduzido por: Wellington Ferreira
Copyright© Thabiti Anyabwile
Copyright© Editora FIEL 2010.
Traduzido do original em inglês: The Look of Love. Publicado em inglês por "The Gospel Coalition", na seção: BLOGS – Thabiti Anyabwile.
O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.



Que Deus te abençõe sempre

Pr. Marcílio G. Marinho





5 comentários:

  1. Prezado colega Pr. Marcílio,
    ficou muito bom o blog. Creio que será um espaço na blogsfera para enriquecer a muitos. De você só podemos esperar coisas excelentes. A caminhada é longa mas gratificante.
    Um abraço
    Já adicionei você em meus blogs que sigo e vou recomendá-lo para meus contatos.
    parabéns
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  2. Paz Pastor,
    Muito legal o blog, me animei aqui e acabei fazendo um também...rs

    http://prpaulocamposjr.blogspot.com

    Tenho muito o que aprender, então já vou aprendendo contigo por aqui...rs.

    Deus o abençoe muito!

    ResponderExcluir
  3. Pr., que bom ter uma palavra abençoadora de um servo abençoado para nos abençoar. Amei e vou seguir este blg.
    Deus abençoe seu ministerio.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Pr. Luiz por ter visitado e feito seguidor do blog, e pelo comentário, o Senhor é muito querido nosso
    Que Deus continue abençoando grandemente o senhor , família e Ministério.

    Pr. Marcílio





    Obrigado Pastor Paulo Campos por ter visitado e tornado seguidor do blog, creio ser esse apenas um instrumento da palavra que pregamos.
    Juntos, somos discípulos de Cristo nosso Senhor
    Um grande abraço em Cristo.

    Pr. Marcílio




    Irmã Maria Lúcia
    que bom recebe-la em nosso blog
    vamos sim usar dessa ferramenta, com palavras de Deus para nós
    Na graça e na paz do Senhor


    Pr. Marcílio

    ResponderExcluir
  5. Pastor muito legal seu blog
    Que Deus continue te abencoando e capacitando sempre
    o Senhor e um homem de Deus
    saudades
    Luciana Marinho

    ResponderExcluir